Ações do documento

Quebra de Fêmur em idoso tem solução

por mfranzeseúltima modificação 10/02/2008 11:27 Fator Um Comunicação


Quedas e fraturas de fêmur são realidades comuns e constantes na vida dos idosos. A fragilidade dos ossos, muitas vezes conseqüente da osteoporose, faz com que idosos fiquem sujeitos a isso.

Próteses podem melhorar a qualidade de vida do idoso e reinserí-lo na sociedade

Quedas e fraturas de fêmur são realidades comuns e constantes na vida dos idosos. A fragilidade dos ossos, muitas vezes conseqüente da osteoporose, faz com que idosos fiquem sujeitos a isso. 

Em muitos casos, esse problema é reversível. Próteses totais ou parciais são alternativas para solucionar fraturas do colo do fêmur. “Nos pacientes mais ativos, devemos implantar prótese total. Nos inativos, parcial. A escolha deve ser sempre baseada na qualidade de vida e retorno precoce às funções anteriores”, explica o ortopedista Sidney Schapiro. Já nas fraturas transtrocanterianas, os idosos ativos passam por uma cirurgia para fixação (osteosíntese) e para os inativos o "não tratamento" pode ser uma boa escolha. O fêmur pode ser fraturado tanto em conseqüência de queda do paciente quanto pela osteoporose (o osso quebra e o idoso cai).

Tratar a fratura do fêmur de maneira que o idoso possa ser introduzido de volta à sociedade é muito importante. “Um idoso acamado pode ter várias complicações como doenças pulmonares, embolias, trombose e até depressão porque ele passa a se sentir inútil e um empecilho para a família”, comenta Schapiro.

As próteses são feitas de liga metálica e polietileno e a recuperação da cirurgia é, na maioria das vezes, muito boa e rápida.

Novas técnicas em cirurgias, próteses e tratamentos permitem que doenças complicadas, como a artrose, sejam tratadas de maneira prática e segura, proporcionando assim maior qualidade de vida aos pacientes.

DR. SIDNEY SCHAPIRO é ortopedista, cirurgião, especializado em traumatologia do esporte, artroscopia, cirurgia do joelho e artrose.

É o médico responsável pela preparação do maratonista Adriano Bastos, campeão da 10ª Maratona da Disney (EUA) e do lutador de boxe Fábio Garrido.

Trabalha no Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Oswaldo Cruz, Hospital Maternidade São Luiz

É Diretor Médico da Confederação Brasileira Macabi e Coordenador do Conselho de Esportes da Associação Brasileira A Hebraica de São Paulo. Foi médico da Seleção Paulista de Futsal.

É Membro Titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, da Associação Paulista de Ortopedia e Traumatologia, da Sociedad Latino-americana de Ortopedia y Traumatologia, da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Joelho, da Internatonal Society of Arthroscopy - Knee Surgery and Orthopaedic Sports Medicine e das Sociedades Brasileiras de Artroscopia e de Traumatologia Esportiva.

Fator Um Comunicação
Gisele Mariano
(11) 3822.1025 - (11) 8402.7762



Menu
 

Copyrigth 2006 - 2008 Servidor Público.net
Este site foi desenvolvido pela Simples Consultoria utilizando o Plone.